Fundição Progresso. Na porta o banner mostrava: Scalene – Fresno – NX Zero.

 

Enquanto a fila se formava, eu parava para perceber quantas gerações essas bandas podiam arrastar.

É muito maneiro ver isso.

Tão maneiro quanto ver isso foi ver o Scalene abrindo o show com pé na porta.

A banda de Brasilia, jogou o volume pro alto. Tocando “histeria”, “legado”, “danse macabre” entre outras, você nota como a banda vem aumentando seu fãs.

 

Fresno foi a segunda banda da noite

Eles continuam a ótima “Turnê 15 anos”. A gente acompanhou o início dessa turnê na mesma fundição progresso, ano passado e o link para você recordar esse dia está aqui.

Fresno mantém a mesma pegada. Fãs enlouquecidos, todos cantando juntos e vibrando com a banda.O Show dos caras é o que chamamos de “conjunto da obra”.

Confesse que me amarro em fotografar show deles. 🙂

 

E fechando a noite Nx zero com turnê do disco Norte.Com toda certeza é o álbum mais maduro da banda. Ganhou em sonoridade e deixou a pegada hardcore um pouco para trás

Álbum produzido por Rafael Ramos lançado em setembro 15 com temas mais maduros, críticos.

afinal, os adolescentes fãs do inicio da banda, também cresceram e amadureceram, tornaram-se jovens adultos com outras preocupações

Galera curtiu muito as músicas “marcas de expressão”, “vibe”, “meu bem” e mandela”.

 

Assistindo esses shows, acabei concluindo que ainda verei muitas gerações formando fila para ver essas bandas.

Brunno Dantas.