“Modernizar o passado”. Viva Nação Zumbi!

Após o show de abertura da banda Frente Bolivarista, já entrava a madrugada quando os tambores da Nação Zumbi ecoaram na Lona do Circo Voador.
Em 1995 junto com mestre Chico Science a Nação Zumbi chegava em NY para um histórico show no Central Park. Depois de 20 anos, os pernambucanos voltam a NY Park e para comemorar as duas décadas dessa apresentação. O Circo foi palco escolhido para mostrar como vai ser essa homenagem antes de chegar em NY.

E que pressão! Quando foram ouvidas as primeiras notas de “Meu maracatu pesa uma tonelada”, o público explodiu de vez!
Àquela altura, se estabelecera uma grande catarse na já tradicional lona da Lapa.

Uma performance irretocável do guitar hero Lúcio Maia foi das coisas mais sensacionais que a noite proporcionou.
É preciso ser uma grande banda como são os maiores representantes do manguebeat pernambucano para sobreviver à perda de um ícone como foi frontman Chico Science. E a cada show uma homenagem dessa que é uma das melhores bandas do cenário nacional.

Hoje com sólida carreira internacional fazendo um rock n’ roll genuinamente brasileiro como fizeram os Mutantes, a NZ atrai, muito além dos habitués, fãs visivelmente abaixo dos 25 anos como se constatou no Circo Voador.

“Só tem caranguejo esperto saindo desse manguezal”. Salve, Nação Zumbi!

E que venha o próximo show.

Fotografia: Beathriz Souza

 

Compartilhe...Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someoneShare on FacebookShare on LinkedInShare on Reddit

Login

Anti-Spam, Porque Por favor, responda a questão! *