Rio de Janeiro se prepara para receber maior competição mundial de street skate da América Latina: o Oi Skate Total Urbe Open  

· Evento acontece de 25 a 30 de abril, na Praça Duó, Barra da Tijuca

· Disputa contará com grandes nomes nacionais e internacionais da modalidade e a maior premiação da história do skate na América Latina

Kelvin Hoefler. Foto: Ana Paula Negrão 

Kelvin Hoefler. Foto: Ana Paula Negrão

 

 

Os apaixonados pelo universo do skate já podem preparar o fôlego. Vem aí a maior competição mundial de street da América Latina: O Oi Skate Total Urbe Open (Oi STU Open) – etapa do Circuito Mundial de Street 2017. A disputa vai acontecer de 25 a 30 de abril, na Praça Duó, Barra da Tijuca, e contará com 224 skatistas nas categorias Open Masculino (profissional e amador) e Open Feminino. Nomes importantes no cenário mundial como Kelvin Hoefler e Pamela Rosa já estão confirmados no evento, que terá a presença de outras grandes expressões da modalidade. O Oi STU Open entra para a história do esporte das rodinhas, com a maior premiação já vista em um torneio de skate na América Latina e uma das maiores do mundo, totalizando R$ 400 mil.

“É muito importante um evento como o Oi STU Open no Brasil, pelo tamanho e qualidade na organização. Tenho certeza de que este campeonato vai ser um marco para a modalidade do street skate da América Latina, tanto pelo nível de organização e premiação, quanto pelo alto nível dos atletas. É uma ótima oportunidade para que grandes skatistas reforcem o seu reconhecimento e também para que as revelações do skate nacional despontem para o mundo”, avalia o campeão Kelvin Hoefler.

Após quase uma década, o Rio de Janeiro – já reconhecido internacionalmente por sediar eventos esportivos de sucesso – voltará a receber uma grande competição da modalidade street (a última foi em 2009, na praia de Copacabana). O Oi STU Open (Skate Total Urbe) é chancelado pela International Skateboard Federation (ISF), a World Cup Skateboarding (WCS), a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e a Federação de Skateboard do Estado do Rio de Janeiro (Faserj), e soma pontos para o ranking da WCS.

“O Oi STU OPEN é a oportunidade de potencializarmos um movimento legítimo, múltiplo e com amplas possibilidades. O objetivo sempre foi falarmos do movimento urbano e suas mais diversas manifestações espontâneas, como a música, a arte e o audiovisual, tendo o skate como fio condutor de toda a história, além de recolocar o Brasil novamente no circuito dos grandes eventos internacionais de street, tendo em vista que somos um dos maiores picos de skate do mundo, junto aos EUA”, diz Eduardo Quintes, gestor do projeto da Rio de Negócios, organizadora do evento.

De acordo com o vice-presidente da CBSk, Ed Scander, a competição vem mesmo para ser um marco histórico.

“O Oi STU Open será o mais importante campeonato de street da história do skate latino-americano por reunir mais de 224 dos melhores skatistas amadores da América Latina e os profissionais do mundo. Em relação às demais etapas brasileiras do Circuito Mundial de Street Skate, nunca houve tantos competidores reunidos, e a premiação de R$ 400 mil é a maior da história!”, comenta.

Para o evento, a pista da Praça Duó, um dos skate spots preferidos dos cariocas, terá seu projeto inicial concluído, com a construção de um novo trecho de obstáculos. O Oi Skate Total Urbe Open (Oi STU Open) também contará com diversas atrações e a montagem de um grande espaço de convivência, que irá explorar toda a interface do skate com a cultura urbana, abrangendo arte, música e comportamento.

“O Oi STU Open é o evento mais importante da história do skate brasileiro e é uma honra para a Faserj poder participar desde o início da sua concepção. O fato do Rio de Janeiro receber mais uma vez uma competição mundial deste porte e ter skatistas do estado envolvidos e participando deste processo é fundamental como valorização dos competidores locais”, comemora André Viana, presidente da Federação de Skateboard do Estado do Rio de Janeiro (Faserj).

Vale lembrar que o skate será esporte olímpico a partir de Tóquio 2020, e o street uma das duas modalidades presentes nos Jogos. Por isso, o Oi STU Open será uma ótima oportunidade de ver em ação skatistas de todo o mundo que deverão representar seus países no Japão. Com destaque para os competidores brasileiros, já que o Brasil é uma das potências do skate e favorito à conquista de medalhas.

O Oi Skate Total Urbe Open, etapa do Circuito Mundial de Street 2017, é apresentado pela Oi, viabilizado pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, através da Lei de Incentivo ao Esporte, além de contar com o Windsor Hotéis como hospedagem oficial do evento. O evento tem coordenação técnica da Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e da Federação de Skateboard do Estado do Rio de Janeiro (Faserj) e realização/idealização da Rio de Negócios.

A Oi e o esporte

A companhia tem longo histórico de apoio ao esporte, com patrocínios a grandes eventos, equipes e atletas de diferentes modalidades como basquete, surfe e skate. O incentivo da Oi a projetos esportivos é estratégico, pois reconhece a importância do esporte como ferramenta de interação entre as pessoas e as cidades, seja através da sua prática, ou por meio de manifestações culturais como o grafite e a música. A empresa acredita que o esporte e o incentivo à cultura urbana potencializam conexões e amplia repertórios, aproximando pessoas de diferentes tribos, exercendo um importante papel no processo de desenvolvimento individual e social.

Em 2015 e 2016, a Oi patrocinou o Oi Rio Pro, a etapa brasileira do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour (CT), o campeonato mundial de surfe. Além disso, patrocina os surfistas brasileiros de destaque na WSL: Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Filipe Toledo, Silvana Lima e Adriano de Souza, o Mineirinho, além do surfista Davizinho, de 11 anos, atual campeão mundial de surfe adaptado. Recentemente, como parte do legado do patrocínio aos Jogos Cariocas de Verão de 2016, a Oi construiu pistas de skate em Manguinhos e São João da Barra e reformou o park de Campo Grande –  aproveitando assim o grande potencial do esporte urbano para aproximar culturas e realidades, promovendo encontros e transformando espaços públicos.

Sobre a Rio de Negócios

A Rio de Negócios é uma empresa de projetos que atua nos setores da economia criativa. Ela pensa a cidade e suas interações a fim de entender as suas dinâmicas socioculturais e processar as demandas desse contexto. O objetivo é oferecer soluções únicas e experiências inovadoras para parceiros e público. O que motiva a Rio de Negócios é trabalhar por um novo patamar no desenvolvimento de projetos em cultura, esporte e entretenimento. A cidade em que vivemos é a principal fonte de inspiração da empresa.

Mais informações:

Facebook : https://www.facebook.com/skatetotalurbeopen
Instagram : https://www.instagram.com/stuopen
Site: www.stuopen.com

In Press Media Guide
Camila Coimbra (camila.coimbra@mginpress.com.br)
Diego Cunha (diego.cunha@mginpress.com.br)
21.3724-1623          21.3724-8170

Compartilhe...Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Email this to someoneShare on FacebookShare on LinkedInShare on Reddit

Carioca, geo empirico, fotógrafo fundador do Drope, boa praça. Gosto de clicar folhas secas, música em excesso e novos livros. Carrego comigo simplicidade, não desprezo a intuição, as inspirações da madrugada e sou um sonhador acordado. Um cara bem intencionado, bem humorado e otimista. Aprendendo a viver de uma maneira mais lúdica. Coleto energia do mundo que me cerca. Aprecio os elementos da natureza, areia, mar, Sol, luar para o enriquecer da alma. Amo Floripa, resido no Rio, mas quero mesmo uma casinha no Hawaii. Entre o teclado na edição e o enquadramento da lente fotográfica vivo minha vida (dropando). (cm)

Login

Anti-Spam, Porque Por favor, responda a questão! *